Início Mercado Jesus quer cinco centrais no Benfica e há justificações

Jesus quer cinco centrais no Benfica e há justificações

14
0

Técnico espera receber mais um defensor para o eixo do setor, mantendo os quatro que estão às suas ordens, no caso Rúben Dias, Jardel, Ferro e Vertonghen

Jorge Jesus já deixou claro que pretende trabalhar com um plantel com 25 jogadores de campo e, segundo O JOGO apurou, nesse lote o técnico dos encarnados deseja contar com cinco defesas-centrais no seu elenco.

Densidade competitiva, os castigos, as lesões são os motivos na base da decisão do treinador

Com efeito, à Luz deverá chegar mais um elemento para o eixo do setor mais recuado – mantendo-se o braço de ferro e impasse com o Espanhol de Barcelona por Cabrera -, não sendo uma prioridade a saída de qualquer um dos centrais que transitam da do plantel da época passada, concretamente Rúben Dias, Jardel e Ferro.

É certo que a incerteza do mercado poderá ditar alguma saída, mas a intenção será sempre colmatar a mesma, isto depois de já ter sido incorporado do internacional belga Jan Vertonghen. O aperto do calendário, a quantidade de jogos e as questões físicas e castigos estão na base da decisão de Jorge Jesus.

O experiente defensor recrutado na condição de jogador livre será, neste momento apenas em termos teóricos, o parceiro de Rúben Dias, que tem sido assediado pelo interesse forasteiro e que o Benfica só admite dar ouvidos caso os números apresentados atinjam patamares elevados.

Jardel, capitão de equipa que está no último ano de contrato, até poderá mudar de ares em caso de uma proposta atrativa para o próprio em termos financeiros, mas o peso deste no balneário, a experiência e conhecimento do que o técnico pretende para a equipa são pontos fortes no sentido deste permanecer no clube.

Cabrera ainda é um nome em cima da mesa, pese o impasse nas negociações com o Espanhol

Ferro, marcado por um conjunto de más atuações na parte final da última temporada, deverá ficar na sombra das primeiras opções, inclusive de quem previsivelmente irá chegar. Jorge Jesus quer altura, velocidade e agressividade, isto sem esquecer o fator experiência, algo que procura ainda adicionar, pese o incremente substancial dado pelo novo camisola 5 do Benfica.

Os responsáveis encarnados não têm pressa nesta fase, até porque Vertonghen tirou-lhes uma pressão adicional, mas olham para o mercado com atenção, à procura de uma oportunidade que vá de encontro às pretensões de Jorge Jesus e se enquadre na sua realidades financeira.

Morato é uma solução de recurso ainda a crescer

Um dos nomes que poderia subir no imediato à equipa principal é Morato, que inclusive tem vindo a treinar-se com regularidade no principal escalão do clube. Agora a mostrar-se na Youth League, o defensor brasileiro deverá evoluir durante a próxima temporada na formação secundária, na Liga de Honra, somando minutos, sem deixar a condição de elemento de retaguarda para qualquer lesão ou castigo.

fonte: OJOGO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here